Visto Americano e Passaporte: como tirar e a nova política para brasileiros

Tempo de leitura: 6 minutos

Visto Americano: Depois de dominar o inglês, o próximo passo de muitos estudantes e profissionais é viajar para um país onde essa língua é a nativa. O mesmo sonho compartilha as pessoas que desejam fazer um intercâmbio para estudar o idioma.

Os Estados Unidos estão no topo da lista, mas, desde que o novo presidente Donald Trump assumiu a Casa Branca, a taxa de recusa na entrada de brasileiros cresceu. Isso não quer dizer que o sonho de conhecer a terra do Tio Sam não será realizado como planejado.

Mas sim, que é preciso conhecer todas as regras de como tirar passaporte americano e saber o que mudou com a nova classificação do turista brasileiro nos EUA. Assim, você fica precavido.

E, para obter todas as informações e dicas importante continue lendo este artigo e confira os tópicos a seguir:

  • Como tirar passaporte e visto americano
  • O que mudou com a nova classificação do turista brasileiro nos EUA

Como tirar passaporte e visto americano

A melhor forma de garantir a sua entrada aos Estados Unidos sem nenhum problema é seguindo todo o passo a passo necessário, inclusive, reunindo todos os documentos que são solicitados. Também não perca os prazos e as datas agendadas

Visto Americano
Visto Americano

Primeiros passos: passaporte

O primeiro passo para obter o visto americano é ter um passaporte dentro da validade necessária. Para quem não tem um passaporte, é preciso obtê-lo junto à Polícia Civil, sendo que no seu site você agenda a data para confeccioná-la, o que é feito na unidade mais próxima.

No site também é possível conferir todos os documentos que devem ser apresentados e o valor da taxa. Em cada estado brasileiro, a demora pode ser maior ou menor. Assim, recomenda-se fazer o seu passaporte o quanto antes.

Além disso, esse documento serve para você viajar não só para os EUA, como também para muitos outros países, em todo o mundo. De qualquer forma, com o passaporte em mãos, chega a hora de começar o processo para fazer o visto para o seu destino.

Como obter o visto para os EUA

O visto é um documento emitido pelos Estados Unidos, que dá a você uma permissão de entrada no país. Porém, apenas por um determinado período de tempo e para uma certa finalidade, como estudo, turismo, trabalho e outros.

Para obtê-lo, é preciso entrar em contato com o Consulado Americano. Inicialmente, esse contato é feito pelo seu site, onde existe o chamado formulário DS-160, que deve ser preenchido. Em caso de dúvidas, existe um vídeo no próprio site que ajuda a preenchê-lo.

Há várias perguntas, então, o melhor é reservar bastante tempo para essa etapa. Entre os questionamentos, você deve escolher a cidade onde deseja fazer a entrevista. Hoje, existem consulados americanos em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e Brasília.

Não se esqueça de responder as perguntas sempre de maneira sincera, sendo que é preciso informar o propósito da sua viagem e o tipo de visto que deseja ter. Ao final do preenchimento, um código de barras será emitido, imprima e guarde com cuidado.

Após concluir essa etapa, o próximo passo é fazer o pagamento da taxa. Atualmente, o valor fica entre US$160 e US$190, de acordo com a categoria do visto pretendido.

Como funciona a entrevista no consultado

Com o recibo de pagamento da taxa do visto em mãos, está na hora de agendar a entrevista, o que pode ser feito pelo próprio site do consulado escolhido. No entanto, antes da entrevista, você deve agendar e ir ao CASV – Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto.

Nesse local, você é fotografado e então suas impressões digitais são coletadas. Também deve levar o seu passaporte, a confirmação de preenchimento da DS-160 e a confirmação do agendamento. Já na entrevista consular, é preciso levar os seguintes documentos:

  • Passaporte;
  • Visto antigo, se houver;
  • Página de confirmação do formulário DS-160 com o código de barras.

Esses documentos são os básicos, no entanto, é essencial ainda levar documentos que comprovem o seu vínculo sentimental e trabalhista no país. Dessa maneira, você consegue garantir que pretende voltar ao Brasil depois de tempo estipulado. Exemplos são:

  • Documentos de rendimentos e de bens próprios, bem como documentos do cônjuge, quando houver;
  • Documentos de quem pagou a viagem;
  • Extratos bancários dos três últimos meses antes do dia da entrevista, podendo ser de conta corrente, poupança, investimentos e fundos, para mostrar que possui dinheiro;
  • Última Declaração de Imposto de Renda com Recibo de Entrega Original, se for o caso;
  • Registro de Imóveis ou Escrituras quando as tiver;
  • Certificado de Registro de Veículo, se possui carro, moto ou outro.

Em média, o prazo para emissão do visto é de pouco mais de um mês.

O que mudou com a nova classificação do turista brasileiro nos EUA

Comprovar que o seu intuito não é o de permanecer nos Estados Unidos é muito importante para conseguir o visto americano, ainda mais hoje, quando o governo Trump está tornando mais difícil obter esse documento.

Depois que o novo presidente assumiu, houve mudanças para o visto brasileiro. Embora as medidas mais restritivas tenham sido tomadas em relação às pessoas de países muçulmanos do Oriente Médio e do norte da África, os brasileiros também devem estar atentos.

Principalmente, adolescentes de 14 e 15 anos que, antes, eram isentos de entrevista para solicitar o primeiro visto. Agora, também precisam fazer a entrevista. Do mesmo modo, pessoas de 66 a 79 anos, devem ser entrevistadas, sendo que antes não era necessário.

Outra mudança é a respeito do tempo de expiração do visto. Antes, podia-se renovar o documento sem fazer uma nova entrevista em até 48 meses depois que vencesse. Agora, esse prazo está em 12 meses.

Apesar dessas mudanças, estudantes e mesmo profissionais que desejam viajar aos Estados Unidos ainda podem concretizar os seus planos. No entanto, mais do que antes, agora, é urgente reunir o máximo de documentos.

Inclusive, os que mostrem a sua pretensão de se manter no país vizinho só por um determinado período. Com isso, são maiores as chances de você obter o visto necessário para conhecer o solo americano e ter a experiência que sempre desejou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *